SOM POP/TV 2 POP SHOW

O começo dessa produção, foi bastante ocasional e reforça assim, o conceito de que se por um lado havia um caráter prosaico na TV brasileira (apesar de que este veículo já existisse há mais de 20 anos no início dos anos setenta), por outro, há de se destacar a criatividade e a obstinação de profissionais muito dedicados, que proporcionaram a sua existência.
SOM POP/TV 2 POP SHOW
Essa primeira exibição fortuita foi ao ar no sábado, dia 14 de abril de 1972, portanto, dois anos antes da Globo lançar o seu "Sábado Som". Recebendo o nome de "TV 2 Pop Show", mostrava basicamente músicas extraídas de documentários, recortadas, e alguns "promos" (a encarnação anterior dos videos clips). Com o tempo, o programa foi ganhando mais sofisticação. O "Sábado Som" atropelou-o, literalmente, mas sem abalar-se, o "TV 2 Pop Show" prosseguiu e foi melhorando sempre.
SOM POP/TV 2 POP SHOW
Já na metade dos anos setenta, tinha uma audiência significativa, que lhe deu a resistência que o "Sábado Som" da Globo não teve; sobreviveu ao "Rock Concert", que a própria Globo lançou em 1977 e aos similares da TV Bandeirantes, como "Balanço" e "In Concert". Ainda nos anos setenta, passou a exibir quadros ditos "especiais", onde apresentava blocos dedicados à uma banda em específico, intercalando com informações biográficas dos artistas enfocados, curiosidades e discografia. Numa mudança de nome, buscando repaginação, passou a ser conhecido como "Som Pop", e com esse nome, atravessou os anos oitenta, sendo uma das principais, senão a maior referência de Rock e música Pop em geral, na TV brasileira.
SOM POP/TV 2 POP SHOW
Especiais produzidos pelo próprio programa, eram a novidade no início da década de oitenta. Lembro-me bem de ver bandas setentistas como o Made in Brazil e a Patrulha do Espaço, tocando ao vivo no teatro Franco Zampari, de propriedade da TV Cultura, em especiais que ocuparam o espaço integral daquela atração, o que como músico, particularmente achava uma oportunidade incrível para o fomento do Rock nacional. Na metade dos anos oitenta, um novo apresentador ocupou a ancoragem do programa. Com Paulinho "Heavy" Toledo (vocalista da banda Inox, na ocasião), no comando, a programação pendeu mais para o som pesado, mudando um pouco o direcionamento imediatamente anterior, quando o Pop oitentista dominava as atenções. Uma nova troca de apresentadores e Kid Vinil puxou de novo a corda para o Pop, e com o verniz do Pós-Punk e derivados, na sua na orientação estética.

FONTE: http://limonadahippie.blogspot.com.br/2014/01/maquina-do-tempo-tv-2-pop-show-som-pop.html

                             MADE IN BRAZIL Som Pop 1981 (na íntegra!) by: Rogério KISS

                                                                       Som Pop (agosto 1989)


Comentários