A GRANDE FAMILIA

A Grande Família foi uma série de televisão brasileira produzida pela Rede Globo e exibida entre 26 de outubro de 1972 a 27 de março de 1975, às 21h00, tendo totalizado 112 episódios.

A GRANDE FAMILIA

Foi baseada, a princípio, no seriado norte-americano de sucesso All in the Family, tendo sido escrita por Max Nunes, Oduvaldo Viana Filho, Armando Costa e Paulo Pontes, e dirigida por Milton Gonçalves (1972) e por Paulo Afonso Grisolli (1973-1975). A narrativa dos episódios se concentrava numa família sempre muito unida, que tentava, à sua maneira, sobreviver às dificuldades financeiras e de relacionamento. As críticas sociais eram feitas de forma muito criativa, na tentativa de driblar a censura da época, embora nem sempre fosse possível fugir dos cortes implacáveis dos censores. Em março de 1975, a série passou a ser transmitida em cores.

A GRANDE FAMILIA

Sinopse 

A série originalmente mostra o cotidiano de uma típica família de classe média brasileira: o veterinário Lineu e da dona-de-casa Nenê, moram com seus filhos Tuco, Bebel, casada com Agostinho, Júnior, além do Seu Flor, pai de Nenê. O resultado são confusões hilariantes. Os temas abordados, voltados para a realidade brasileira atual. Porém, as confusões da família continuam conquistando o público pela identificação com os personagens em seus conflitos e situações familiares típicas das famílias brasileiras.

A GRANDE FAMILIA

Produção Mesmo agradando ao público, o programa não atingia a repercussão esperada pela emissora. Foi então que Paulo Afonso Grisolli assumiu a direção geral do programa, chamando Oduvaldo Viana Filho e Armando Costa para adaptá-lo aos típicos hábitos e costumes brasileiros, abordando assuntos como o alto custo de vida, o desemprego e a falta de perspectivas para os jovens. Para além disso, a família se mudou para um conjunto habitacional do subúrbio, em abril de 1973.

A GRANDE FAMILIA

O objetivo era aumentar os índices de audiência, que não estavam agradando à Rede Globo, e as mudanças surtiram efeito: em apenas dois meses a audiência do humorístico disparou, vindo finalmente o sucesso popular e a total adesão da crítica ao programa. Com a morte de Oduvaldo Viana Filho, em 1974, outro autor teatral, Paulo Pontes, assumiu o cargo de redator principal, mas o clima de consternação na equipe foi tão grande que a série foi cancelada no ano seguinte.

A GRANDE FAMILIA

Elenco

 Jorge Dória - Lineu Silva Eloísa Mafalda - Nenê (Irene Silva) Osmar Prado - Júnior Luiz Armando Queiroz - Tuco (Artur Silva) Djenane Machado - Bebel (1972) Maria Cristina Nunes - Bebel (Maria Isabel Silva Carrara) (1973-1975) Paulo Araújo - Agostinho Carrara Brandão Filho - Seu Flô (Floriano Silva) O especial de Natal[editar | editar código-fonte] Em 22 de dezembro de 1987, a Rede Globo exibiu um especial de Natal com A Grande Família, reunindo todo o elenco original mais convidados especiais. O programa mostrava como estava a família doze anos depois, com o nascimento dos netos de Lineu e Nenê. Foi escrito por Marcílio Moraes e dirigido por Paulo Afonso Grisolli. Elenco Jorge Dória - Lineu Silva Eloísa Mafalda - Nenê (Irene Silva) Osmar Prado - Júnior Luiz Armando Queiroz - Tuco (Artur Silva) Maria Cristina Nunes - Bebel (Maria Isabel Silva Carrara) Nunoi Leal Maia - Agostinho Carrara Brandão Filho - Seu Flô (Floriano Silva) Denise Bandeira - Esposa de Júnior Aída Lerner - Esposa de Tuco

A GRANDE FAMILIA

Esta foi a primeira comédia de situação (sitcom) exibida pela Rede Globo. Em sua fase inicial, A Grande Família foi uma versão da série americana All in the Family, porém, para haver uma maior identificação do público com os personagens e, consequentemente, uma melhor audiência, o programa e os personagens foram reformulados, para torná-los tipicamente brasileiros.

A GRANDE FAMILIA

O programa foi ao ar todas as quintas - feiras. O primeiro episódio foi transmitido ao vivo. foram produzidos 112 episódios. A presença do personagem Júnior (Osmar Prado) se justificava em uma necessidade política do autor do seriado, Oduvaldo Viana Filho, o Vianinha, para fazer críticas sociais. por conta disso, era quase sempre censurado, e alguns episódios chegaram a ser proibidos de irem ao ar.

A GRANDE FAMILIA

Djenane Machado se negou a continuar no segundo ano da série. Disse que não queria ficar marcada pelo seriado. foi então substituída de um episódio para o outro por Maria Cristina Nunes. e durante o episódio não se falou nada da substituição. Apenas um dos personagens disse que ela estava "um pouco diferente"

A GRANDE FAMILIA

A primeira versão estreou no mesmo dia que a série Shazan, Xerife e Cia.. A série infantil começava às 21h e A Grande Família às 21h30, ambas com 25 minutos de duração. Depois, Shazam, Xerife e Cia. mudou de horário e A Grande Família passou a ter 45 minutos e a começar às 21 horas. Em março de 1975, em sua primeira versão, o programa passou a ser transmitido em cores, mas logo foi suspenso, por causa da morte de Oduvaldo Vianna Filho. No ano seguinte, Paulo Pontes, que substituiu Vianninha como redator principal, também viria a falecer. Nos primeiros episódios da versão atual, a atriz Suely Franco participava da série como Juva, namorada de Seu Floriano. Na versão original a personagem chamava-se Joventina e era vivida por Elza Gomes.

FONTE: Wikipédia, a enciclopédia livre.

                                                        A Grande Família 1975 Abertura

                  A Grande Familia - Pesadelos de Uma Noite de Verão (1974) [COMPLETO]




>

Comentários