BAÚ DA FELICIDADE

BAÚ DA FELICIDADE

O Baú da Felicidade é uma empresa brasileira, pertence ao mega-empresário Silvio Santos (ainda proprietário sob a marca). O cliente do Baú adquire um carnê, chamado Carnê de Mercadorias, e que dever ser pago mensalmente (rigorosamente em dia), e concorria a sorteios de prêmios. Após um prazo determinado, o cliente poderia trocar o valor pago por mercadorias à sua escolha nas lojas do Baú.

BAÚ DA FELICIDADE

O cliente também poderia ser sorteado para participar de programas do SBT como o Todos contra Um, Roda a Roda, Festival da Casa Própria, Pra Ganhar é Só Rodar e Tentação, entre outros. No dia 31 de Julho de 2011 foi anunciado a venda das Lojas do Baú Crediário para o Magazine Luiza por R$ 83 milhões. A marca ainda continua sob a propriedade de Silvio Santos que a desativou em 2013.

BAÚ DA FELICIDADE

O processo de extinção do carnê, no qual os clientes pagavam mensalmente e concorriam a prêmios na TV e trocavam por mercadorias ao final do pagamento das mensalidades, teve início em 2007, quando sua comercialização foi suspensa e sua rede de vendedores espalhados por todo o país foi desativada.

BAÚ DA FELICIDADE

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o diretor de Varejo do Grupo Silvio Santos, José Roberto Prioste, explicou o motivo que levou à extinção do produto. “O grupo decidiu acabar com o carnê porque com tanta oferta de crédito, parcelamentos e facilidades de comprar, não havia mais mercado para esse tipo de produto”, conta o executivo, que informa que, mensalmente, as Lojas do Baú ainda realizam cerca de três mil trocas de carnês por mercadorias.

BAÚ DA FELICIDADE

Com o fim do carnê, Silvio Santos resolveu transformar as Lojas do Baú, em Lojas do Baú Crediário. A partir daí, as lojas passaram a vender mercadorias, sem o intermédio do carnê, no modelo crediário, onde as pessoas levam as mercadorias, antes de pagá-las.

BAÚ DA FELICIDADE

Aproveitando o sucesso dos cosméticos Jequiti, que fatura mais de R$ 500 milhões por ano, Silvio Santos resolveu relançar a marca Baú da Felicidade (Baú da Felicidade Jequiti). Em novembro de 2015, o novo carnê do Baú começa a ser comercializado tendo como garota propaganda, Patrícia Abravanel e custando R$ 120,00 em 12 mensalidades de R$ 10,00 durante um ano e, ao final, o cliente poderá resgatar R$ 150,00 em produtos. Em janeiro de 2016, o programa semanal do Baú voltou à programação do SBT, com direito ao clássico pião e os prêmios “em barras de ouro que valem mais que dinheiro”.


                                                  Propaganda: Baú da Felicidade - Ano 1991

                                Silvio Santos explica o sucesso do Baú da Felicidade (1984)



Comentários