CHEVROLET C-10

CHEVROLET C-10

A C10 foi criada com a finalidade de ser confortável e também ser muito resistente, e a Chevrolet conseguiu cumprir esses pré-requisitos, fazendo a picape com um material bem mais resistente do que se comparado com as picapes da atualidade, além disso, sua suspensão trabalhava muito bem, oferecendo bastante resistência e amortecimento.
CHEVROLET C-10

A Chevrolet C10 surgiu no ano de 1974, substituindo a linha C14 e C15 que na época também conseguiram imprimir um bom ritmo de vendas, sendo que desde o início a C10 conseguiu atender os pré-requisitos impostos pelos brasileiros, mas devido a seu alto custo, poucas pessoas na época conseguiam adquirir uma Chevrolet C10 zero quilômetro.
CHEVROLET C-10
Acompanhando seu motor de 151 cavalos de potência, a picape contava com uma transmissão de 3 velocidades, sendo considerada uma transmissão de pouca eficácia, mas que para época conseguia cumprir os pré-requisitos impostos pelos consumidores brasileiros.
CHEVROLET C-10
Uma qualidade suprema da C10 era o seu motor, pois tinha dois quesitos dos sonhos, a potência e o silêncio, mesmo não sendo bem aproveitado com seu câmbio de 3 velocidades, mas que encaixava muito bem as marchas, facilitando na pilotagem e deixando a mesma mais confortável.
CHEVROLET C-10
Assim que a Chevrolet C10 foi lançada, rapidamente se tornou uma líder de vendas dentro do mercado nacional, ficou muitos anos à frente de suas concorrentes, também conseguindo manter a Chevrolet à frente no segmento de picapes, sendo considerada por muitos como umas das principais picapes já produzidas dentro do mercado nacional.
CHEVROLET C-10
Seu desenho era bastante diferente e conseguia atender os pré-requisitos impostos pelos consumidores brasileiros, mas o que derrubou a C10 foi a crise do petróleo, pois a picape utilizava gasolina como combustível e os motores a diesel sempre ofereceram melhor consumo e também melhor custo benefício. Como forma de reagir aos consumidores, a Chevrolet resolveu aplicar alguns itens na picape, como no caso de freios a disco, câmbio de quatro marchas, capacidade de carga de 1 mil quilos e vários outros itens que não conseguiram manter o fluxo de vendas da picape. Na época, a disputa era muito grande e a crise acabou conseguindo vencer a qualidade oferecida pela picape, sendo assim a C10 foi descontinuada no ano de 1981. fonte: salaodocarro.com.br




Comentários